Captura de ecrã 2020-05-07, às 11.42.56

O diário de um Pajama

Tenho a certeza de que a minha dona nunca foi muito fã de passear o seu charme pela casa vestida de pijama, mesmo ao fim-de-semana. Para ela o meu único propósito é ser usado quando é altura para dormir. 

Mas num tempo em que o verbo de ordem é confinar ganhei pontos na sua consideração e elevei a minha importância ao nível de um vestido, blazer… enfim outras peças de roupa de importância extrema.

Ganhei toda uma outra dimensão, luz, estatuto, isto é, todo um novo viver. De repente, eu posso ser uma peça de vestuário não apenas utilitária, mas algo que associa o conforto ao requinte.

E passados 35 dias de quarentena eis os modelos de um diário de um pijama. Não vos mostro os modelitos de forma exaustiva porque afinal todos os pijamas deste mundo nesta era #stayathome devem ajudar os seus donos a darem largas à criatividade para que apontamentos de cor sobreponham os dias mais cinzentos deste mundo que estamos aprender a viver.

E no meio desta pandemia esperemos que o vírus vista um pijama confortável que o faça hibernar para sempre.

Maria Roma

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Artigos recentes

O apogeu de um novo início

Prometia ser um bom ano, 2020. O início de uma nova década, marcada por um acontecimento decisivo para a Europa: a concretização do Brexit. Já então eu achava que não iria nunca esquecer este ano

Ser ou não Ser Quaquilionário!

Não podemos ser todos como o Tio Patinhas, apelidado como pão duro e sovina, mas podemos adotar a sua filosofia para uma melhor gestão do nosso orçamento familiar e uma boa saúde financeira. Tal como

Máscaras sociais 100% portuguesas

Com esta nova realidade a utilização de máscara em espaços públicos passou a ser obrigatória como determina o decreto de lei nº20/2020 emitido o mês passado. Com o fim do estado de emergência, trata-se de uma forma

Ciclo Evolutivo da Mulher – Menopausa

Na natureza tudo se manifesta através de ciclos para que haja continuidade. Assim, tal como na natureza, toda a vida da mulher se apresenta através de várias fases que são seus ciclos naturais. Ciclos estes,